sábado, 31 de maio de 2008

Pacta sunt servanda ?!



Sensação meio desconfortável e ao mesmo tempo muito boa.

As coisas parecem ir bem quando tentamos pensar nelas ao contrário,as vezes é melhor não esperar muito algo acontecer,por mais que você deseje que isto aconteça.É uma espécie de psicologia reversa que acaba dando certo.

A maior parte do tempo eu passo ouvindo música (como sempre),dei uma pausa nas leituras,na biologia,e no meu romantismo exaustivo (agora que eu vim perceber).

Não quero mais dar tudo de mim por alguma coisa,mas quero deixar tudo acontecer de uma forma espontânea,e se conseguir o que quero,aí sim! irei dar minha vida se for preciso.

Quero tomar cuidado também com as coisas que podem vir fáceis,porque podem ir facilmente ou durarem pouco tempo.

Eu quero abrir mais as minhas asas e experimentar um novo ar,quero aprender a voar em outras paisagens,e se tiver que cair,quero estar pronto pro próximo vôo.




Eu quero seguir o novo raio de Sol.





"Curta é a batalha para esta pequena andorinha
Amor soa familiar, mas a emoção escapa de mim
Viverei o dia enquanto ele ainda está aqui...
E verei como o medo da morte transforma-se nela..."

(Sonata Arctica-Don't Say a Word)

2 comentários:

Carolina disse...

"enfim"... nom digo que eu tb penso assim ou sinto isso que poutz vc ja sabe neee moço?
mudar e seguir novos horizontes sempre é bom...
mas bate mo incerteza...
insegurança e medo é o q eu sinto e sei q vc partilha isso comigo ne meu cRone? hehehehehe
enfim...

te gosto sempre mais moçoo ^^ sabe disso neee? ^^

<3

Lê Stabiili disse...

Muito boas suas palavras !!!!!

legal mesmo!!!!

boa semana pra ti!!!!
abraços