domingo, 29 de junho de 2008

Uma folha...



"... Eu adoro estar com você! Me sinto tão bem,mas ao mesmo tempo insegura,acho que você me entende né ?Não sei,acho que você vicia porque a cada dia sinto mais vontade de estar com você,mas ás vezes não dá... Coisas que são necessárias!

Apesar de você não perceber,gosto de você a muito mais tempo do que você imagina,moço.Sou uma boa atriz *.*.Tinha,e ainda tenho muito medo de demonstrar porque sei que você não gosta tanto assim de mim.Mas aos poucos as coisas serão descobertas,apesar de ser um pouco duro,concorda ? (muito duro! =\)

Você é muito especial para mim,você é meu clone e bastante diferente em vários aspectos dos outros caras,e isso é melhor do que você possa imaginar,sabe ? ^^ Espero que eu esteja te fazendo bem e tirando o seu precioso sono para te fazer mais feliz... "


(...)



Achei isso (não sei se foi por acaso) enquanto arrumava a minha gaveta agora pela manhã... ela ainda tem o seu cheiro,e estava dobrada do mesmo jeito que a deixei na noite em que você me entregou.Bom,ela está um pouco amassada,pois você não queria que a lesse na sua frente... acho graça lembrando de como você tentava tirar ela de mim,sem algum êxito.Lembra do que aconteceu naquele dia ? Foi algo maravilhoso...

Eu praticamente não durmo há 3 dias seguidos (sem exageros),e me sinto como se não tivesse mais lágrimas (até a nossa música tocar)...

Nessas noites,algo me veio a mente(fora você) e eu decidi parar de lamentar e fazer algo!Não quero ficar chorando como uma criança... EU REALMENTE GOSTO DE VOCÊ,e farei isso de todo coração.mesmo! Atitudes valem mais do que palavras.


tá decidido!


Não vou falar a respeito do que possa ser... mas você teima em passear sobre meus pensamentos,e não quero que saia deles,de forma alguma.Ainda é cedo,muito cedo pra desistir!





26 de abril de 1990

Dizem que o "mal" do taurino,é a persistência...


sábado, 28 de junho de 2008

Regresse...




Lembra da primeira vez... do primeiro,e até agora único vinho tinto que tomamos juntos ?

Não foi em vão...


Lembra de quando saíamos,e na hora de voltar pra casa... eu te deixava na porta,e sem saber o que fazer depois ?

Não foi em vão...


Lembra quando você me olhava... e eu parecia distante ? e você me perguntava em que eu estava a pensar... [eu pensava no próximo passo pra te ganhar]

Não foi em vão...


Lembra quando fui num show de punk/emo aí na sua cidade ? foi a desculpa perfeita pra poder te ver.

Não foi em vão...


Lembra do primeiro beijo... meio nervoso ? que eu parecia não acreditar no que realmente estava acontecendo ? (como agora...)

Não foi em vão...


Lembra de quando eu cheguei na sua janela... na noite do seu aniversário,meio molhado da chuva e meio sujo da lama,só pra poder te levar uma carta e chocolates ?

Não foi em vão...


Lembra da flor que eu batizei com seu nome ?

Não foi em vão...







Entre outras coisas,outros lugares,tantos beijos e abraços... Enfim,eu gosto demais de você,e o que eu sinto não é algo tão passageiro assim.Eu venci alguns medos só para poder chegar mais perto de você,abri mão de algo valioso pra poder começar outro... com você.

Não deixe os dias passarem...

Não deixe algo pequeno acabar com algo precioso...



"Look out the window... C'est moi"


quarta-feira, 25 de junho de 2008

Onde nossos medos se chocam


Faz tempo que não vejo alguém tão "durona"...

Você mistura simplicidade e complexidade com pitadas de mistério e um pouco de dor.Sua alma parece aconchegante e terna de demônios.Maturidade além da sua idade cronológica que contrasta a sua doçura de menina com sua voz meiga e carinhosa,como uma criança que implora um doce para sua mãe.
Eu te quero todos os dias,moça,e queria que você carregasse minhas palavras contigo,com valor,pois não sei o que dizer quando você me fala desse jeito...
Essa noite eu sonhei com você,moça,foi um sonho lindo embora eu só me recorde de alguns flashes,a exemplo de como você me tocava com suas mãos macias.
Difícil é esquecer os seus olhos cor de mel...
Seus olhos me encantam,pois eu vejo neles toda preocupação de tempos passados,moça... e essas coisas certamente estão mechendo comigo... e com você também.
Eu tenho medo de te perder muito cedo,moça,pois eu não me acostumei com perdas desse tipo.Você tem medo de se machucar novamente,e acha difícil alguém gostar de você... então tente ver mais além,moça! eu estou aqui,eu tento lhe dizer de todas as maneiras,com todos os gestos,o quanto me interesso por você,pelos seus medos,pelos seus risos,pelas suas tristesas,pelos seus lindos cabelos claros... moça! venha... tente chegar mais perto de mim,pois se isso não for paixão,eu não sei mais o que possa ser.Embora você não acredite no que eu sinto,ou que tudo isso venha ser insuficiente,moça,eu sei o que eu sinto e por muito tempo eu não me sentia assim,na expectativa de um novo começo...


Agora temos uma nova chance,moça.

terça-feira, 24 de junho de 2008

vá!


No momento em que eu me afastar,
você está pronta para outra volta
andando no ar gelado da noite sem calcinha
você tem uma luz vermelha brilhando na sua alma, eu vi o brilho
em todo sonho que eu tenho eu digo: "eu não estou apaixonado por você"
mas todo dia eu digo que sim
você mexeu com minha cabeça tantas vezes
me forçando a te amar...



Por que eu não consigo te dizer "não",mas o tempo irá mostrar.

domingo, 15 de junho de 2008

Está fadado a desaparecer






Nenhum serviço é de graça,
tais coisas não tem volta,
isto fará muito bem para mim,
apenas venha aqui, venha, venha, venha...

E sugue a minha vontade de viver
você me deu a coroa, e me matou...
um longo caminho sem volta
mesmo assim, eu preferi pegar o caminho mais curto...

sexta-feira, 13 de junho de 2008

"Entom,enfim..."



Nos juntamos pela tarde,e enquanto te esperava,notei o seu perfume tomar conta do quarto.De repente,toda minha vida parece ter ficado lá fora... foi quando você chegou.

Você estava com o sorriso mais lindo de todos os dias,moça,e eu fiquei te observando(eu sempre fico te observando ;]) sem esconder a minha timidez,toda vez que nos aproximamos,mesmo que sejamos... "grandes amigos!"
Moça,quando a tarde já estava indo embora,nos encontramos sobre lençóis.O seu corpo agora é o meu santuário,e eu trago o meu carinho para te ofertar,trago beijos e abraços para esquecermos do tempo.Moça,eu sei que te faço muito bem e quero te fazer ainda mais,sei que tu és merecedora de todas as minhas caminhadas,todo o meu esforço,porque você,moça me faz sentir nas nuvens,me faz sentir vivo... você me trouxe um novo raio de Sol.
Hoje,faltou espaço por aquele lugar macio e dono do seu cheiro,moça.E eu posso me lembrar do jeito como você tocava o meu rosto,jeito esse comum mas muito singular,pois eu sabia que era você,moça! Eu amo a sua simplicidade,o jeito como você aquece as minhas mãos e o cheiro dos seus claros e longos fios de cabelo,moça... me fazem repousar em teu leito,de modo que desejo nunca mais sair dalí.
E quando a hora de partir se faz presente,moça,parecemos duas crianças teimosas que não querem sair da areia.Mil coisas são percebidas e criadas para que nossas mãos não se separem,mas quando tudo acaba,moça...





já estamos esperando um novo dia.





E foi hoje que eu pude notar o quanto você me quer bem.
Mais do que qualquer outra criatura,agora você me faz sentir vivo,necessário! A sua voz... uma doce voz,que me dizia bem baixinho o quanto gostava do meu carinho...

"Você precisa de um colo".




Saiba que estás me ensinando um novo caminho a percorrer,moça...




sábado, 7 de junho de 2008

À exceção da dor

Eu deixo a angústia para atrás
As cicatrizes são curadas - eu sou ajustado livre
As correntes da culpa realizam-se no passado
Têm não mais por muito tempo uma preensão em mim

Quanto mais eu vejo - menos acredito
Quanto mais eu ouço - menos eu me importo
Este mundo que nós criamos,
deixou-me frio
Este mundo está sedado, morrendo em seu próprio sono.




(editado)

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Sem título e embaralhado




Já passam das 3 da manhã,e eu,não sei porque,ainda estou aqui escrevendo.


Bom,eu não sinto sono agora,e algumas coisas me deixam bastante preocupado,e daqui a pouco meu pai vem me mandar dormir.Enfim,estou a pensar como se faz pra ganhar a confiança e o coração de alguém,seria simplesmente ser você mesmo ? seria pegar no pé dessa pessoa,sempre ? CLARO QUE NÂO! quer dizer,você tem que ser você,e talvez mais além.Dar o que o outro precisa é a chave pra abrir a primeira porta,ser companheiro,carinhoso e prestativo.




E quando você faz tudo certo,pensa que as coisas irão melhorar e elas pioram ? Ou quando você sente que alguém está muito distante de você ? Ou quando você pensa que está fazendo tudo certo,mas na verdade você pode estar sendo um inútil ? partindo pro lado mais doido do assunto que me ocupa nessa madrugada entendiante,se eu tivesse que escolher algum poder,escolheria o vulgo "ler mentes",e agora mesmo me pergunto se isso não tiraria o prazer do desafio de tentar pensar no que o outro está pensando.Seria melhor "voar pra longe",enfim.




Eu não culpo ninguém,afinal todo mundo passa por isso,e eu sei que posso vencer as barreiras da mente alheia (as do coração também!),sem precisar de poderes a La "Liga da Justiça".E sei o quanto me esforço pra isso,e você provavelmente sabe... mas não tenhamos pressa,você já disse as palavras que eu queria ouvir,e isso me deixou muito contente,mesmo percebendo que mesmo mudando de canal,sempre censuram a minha programação.Mas eu não desisto fácil,eu sou taurino e persistente (muitas vezes eu sou é preguiçoso!).Eu só te peço que não tenha medo,Lobos são animais dóceis e só mordem quando ameaçados,caso contrário,são leais,companheiros e bastante carinhosos.



Apenas deixe-me te guiar sobre a neve que se forma,pois conheço o frio com a palma das minhas mãos! (e você sabe).