sábado, 31 de maio de 2008

Pacta sunt servanda ?!



Sensação meio desconfortável e ao mesmo tempo muito boa.

As coisas parecem ir bem quando tentamos pensar nelas ao contrário,as vezes é melhor não esperar muito algo acontecer,por mais que você deseje que isto aconteça.É uma espécie de psicologia reversa que acaba dando certo.

A maior parte do tempo eu passo ouvindo música (como sempre),dei uma pausa nas leituras,na biologia,e no meu romantismo exaustivo (agora que eu vim perceber).

Não quero mais dar tudo de mim por alguma coisa,mas quero deixar tudo acontecer de uma forma espontânea,e se conseguir o que quero,aí sim! irei dar minha vida se for preciso.

Quero tomar cuidado também com as coisas que podem vir fáceis,porque podem ir facilmente ou durarem pouco tempo.

Eu quero abrir mais as minhas asas e experimentar um novo ar,quero aprender a voar em outras paisagens,e se tiver que cair,quero estar pronto pro próximo vôo.




Eu quero seguir o novo raio de Sol.





"Curta é a batalha para esta pequena andorinha
Amor soa familiar, mas a emoção escapa de mim
Viverei o dia enquanto ele ainda está aqui...
E verei como o medo da morte transforma-se nela..."

(Sonata Arctica-Don't Say a Word)

domingo, 25 de maio de 2008

"Canis Lupos"











O lobo é o maior dos canídeos selvagens, e vive em grupos familiares chamados de alcatéia. Nelas, o macho e a fêmea mais velhos são os chefes e os jovens têm de fazer o que lhes é determinado. A sociedade dos lobos e a dos homens têm muitos aspectos em comum, pois ambas se desenvolveram como caçadores sociais, que precisavam viver em grupo para poder abater presas maiores. O único par de lobos que se acasala é formado pelo macho e fêmea dominantes. Os filhotes são amamentados durante 10 semanas, depois passam a ser alimentados pela mãe e pelos lobos mais jovens, que regorgitam a carne das caçadas, até crescerem o suficiente para caçarem junto com o grupo. O Lobo abate presas grandes, como Bois Almiscarados graças a forma de caçar em equipe.
O lobo do Ártico,é o maior dos lobos, e habita o extremo norte do Canadá, tem uma vida difícil à procura de comida em meio ao gelo e ao frio do Circulo Polar Ártico. Eles no inverno adquirem uma pelagem branca e bastante espessa, mas são cinzentos, marrons ou pretos no inverno.O lobo cinzento, habita quase todo o hemisfério norte, porem foi quase totalmente expulso da Europa, e dos Estados Unidos, onde existem ainda em pequenas populações.


No passado haviam lobos em todos os países europeus, mas esses inteligentes animais foram perseguidos por proprietários de terra e caçadores durante séculos e hoje são muito raros e encontrados apenas no sul e no leste do continente.
O lobo vermelho, do sudeste dos Estados Unidos, estava extinto na forma selvagem, mas foram re-introduzidos alguns na Carolina do Norte em 1988. O lobo Cinzento havia sido extinto dos Estados Unidos, mas alguns exemplares também foram re-introduzidos no parque de Yelowstone.O lobo é um animal que foi implacavelmente perseguido pelo homem, principalmente devido a fazendeiros que não queriam ameaça as suas criações. Hoje o homem está tentando impedir a extinção das diversas espécies de Lobos, mas eles ainda continuam sendo mortos, e seus habitats destruídos.






''Hoje, há um reconhecimento crescente de que podemos mais uma vez aprender com nossos velhos amigos Canis Lupus. Atualmente os lobos, com a assistência dos homens, estão começando e ressurgir pelo mundo. Em nossos dias, a ordem social do homem parece estar em decadência, enquanto a do lobo permanece intacta.'Nós vamos morrer afogados no nosso próprio sangue,a natureza cuida .


(trecho do livro "A sabedoria dos lobos")






sexta-feira, 23 de maio de 2008

Conto,"Escrito nas poeiras"

Então ele chega,olha para a pequena janela do quarto dela,espera um pouco,mas já eufórico e demasiadamente saudoso.Nem parecia que tinham se visto àlgumas horas antes.Então,ele tenta pensar em uma música enquanto ela percebe a sua presença do lado de fora do quarto,rapidamente se apronta e se faz presente antes da "pseudo-música" dele chegar ao refrão.Eles se olham,e enquanto encaminham-se para um abraço,ele deixa escapar a sua felicidade por mais uma vez estar diante dela.
Um beijo leve,um cheiro e mais um abraço apertado,ao aproximar-se dela,fixa o olhar na sua face lisa,e carinhosamente leva suas mãos ao rosto dela,acariciando-a,percebe um brilho diferente nos olhos dela,também descobre que os olhos da bela mulher são da mesma cor que os seus.Enfim,sentam-se em uma grande rocha que fica de frente para uma árvore de folhas bem finas de modo a deixarem os raios de sol escaparem entre elas,formando pequenas "gotas de luz" por onde refletissem.Ela esta linda,como de costume,e ele adora tanto o seu cheiro,os seus longos cabelos claros... Até o seu olhar um pouco distante,que de hora em hora volta sua atenção à ele.
A tarde parece tranquila,e o local aonde eles se encontram fica mais calmo cada vez que a brisa do fim de tarde alisa os cabelos dela.
Então eles decidem caminhar pelas ruas frias e quase desertas daquele lugar onde todos parecem olhar para um simples casal em especial,e ninguém sabe o porquê.Talvez porque sejam "simples" apenas nas mentes e nos olhos dos outros,mas só eles dois sabem que há algo mais que especial quando se tocam,ou quando até mesmo pensam um no outro.
Eles certamente sabem aproveitar o tempo que estão juntos,mas o tempo nunca os deixam passar do tempo.É muito pouco tempo por mais que o seja muito tempo.
E quando a noite se faz presente,tudo "acaba" onde tudo,exatamente TUDO começou.









"É como sair do mar,e depois de um certo tempo,sentir as ondas ainda te balançando" ( Claus Burgos)





"Unlike the last time here,
I now have the means and a will sincere
Your knight is nowhere near
Unfortunate for you, this makes me your God..."
(Sonata Arctica)

domingo, 18 de maio de 2008

"Homens cabeludos" dizem...



Nós ficamos parados aqui por um dia
Buscando respostas para toda a eternidade
Ou algo do tipo...
Ouça a razão falando em mim
Tenha fé em mim, tenha fé em mim
Eu não posso dizer que eu estou bem e
Pegar tudo o que você diz e encarar com valor
Eu falei com você mais do que eu deveria
Tenha fé em mim, tenha fé em mim
Eu falei muito hoje
Você não confiou em mim
Então eu continuo falando de todas as maneiras
Através do mar
Eu escuto você me chamando
Para a propósito da vingança você não irá me deixar
Isto não terminou
Nunca terminará
Até que a dama gorda diga que me ama
Eu estou cansado, porém eu estou nadando
Você não irá me deixar, você está afundando
E você está quietamente me puxando para baixo
Nós nunca iremos fazer isto a menos que você vá...
Não há crime
Mesmo assim eu fui acusado
E eu vejo a solução nua atrás de mim
Você me reduziu a uma arma como você
Tenha fé em mim, tenha fé em mim
Eu não poderia escutar a menos que eu inclinasse minha orelha
Porque eu até tentei?
Eu havia contado a você tudo sobre o que eu era
Tenha fé em mim, tenha fé em mim
Eu estou me sentindo fraco hoje
Por favor não me acerte...
(...)
Tony,você é foda,cara...

sábado, 17 de maio de 2008

I can't understand...





Eu li o que escreveste,mas acho que o motivo de eu ter feito o meu diarinho virtual,foi só pra escrever algumas coisas,no máximo,sem taanta importância,mas ultimamente tá sendo pra uma espécie de defesa.Isso é muito ruim,maaas... vamos lá.
Quando tudo acabou e por um bom tempo,eu ainda amava você,eu chorava,me apegava a coisas ou imagens que me traziam um pouco de você,do seu cheiro,enfim... Você me censurava,não aceitava o modo como eu te falava.Sei que você sofria também,mas por mais amor,por mais atração que eu sentia,eu queria mesmo te ajudar.E por mais que você susurrava ao telefone "mentira,você não gosta de mim",mesmo que brincando... Droga eu nunca gostei desse tipo de brincadeira,mas isso não influenciava em nada.
Eu estive "no seu pé" por dias,meses,por muito tempo! e isso te pressionava,confesso que também necessitava de atenção,mas a maior parte da minha,estava depositada em sua figura.Lembra ?
Talvez não só você saiba,que não gosto de "ficar",eu não gosto de meios termos.Me incomoda,enfim...
Certa vez,você me disse que gostava da sua liberdade... Bom,eu decidi fazer a sua vontade,te deixar um pouco mais livre,não te pressionar mais,acho que era isso que você queria.Agora,eu nem sei mais o que você quer... E nem sabia que você esperava por mim,já que queria o direito de se apaixonar de novo.Bom,você tem todos eles agora...
Sua mente deve estar muito confusa,e você deve tá precisando de mim,mas não quero me prender muito a você,não mais tenho essa vontade toda.De fato,eu ainda gosto muito de você.Sua mente deve estar muito confusa e não sei se o seu coração também.
Normal,agora também me sinto assim.



Sometimes i feel so out of time and place, trapped in a maze as if I was lost in someone else’s life…The values I should keep in high regard don’t mean a thing tome,do you ever feel a need to go back in time? A dream of mine…To travel far away and one day steal back my lifeIn the end all I can do is to learn I live in a dreamland.

(Misplaced-Sonata Arctica)

domingo, 11 de maio de 2008

Mais uma vez,eu estarei aí...

Eu já sabia de certas coisas...
Porque eu chorei,eu me vi no mais fundo buraco que já encontrei um dia,assim como todo mundo e assim como você.Mas eu estive com você,o tempo todo... A cada manhã,a cada sonho,a cada tarde e a cada noite.Não tão fisicamente,mas por pensamentos e por lembretes.
Eu me senti fraco todos os dias,você não confiou em mim.Te chamei através de mares,de ondas,de montanhas,mas você parecia não ouvir... Tão distante ?

Eu sabia que você iria cair,como eu caí.Mas eu disse,que estaria lá pra te erguer quando você mais precisar,e eu vou estar.Você não sabe o quanto é preciosa pra mim,mesmo que as vezes não pareça... Aliás,você deve saber disso.Eu me "ausentei" por algum tempo,e também apareceram certos contra-tempos,mas nada que tirasse algo da minha alma.Algo incrivelmente forte!
E hoje você mexeu mais um pouco comigo.Não da maneira que eu esperava,mas tudo bem... Meus amigos me ajudaram muito,e amigos são pra essas coisas,mas eu sempre serei algo mais..


não sei muito o que dizer,mas é hora daquela velha cançãozinha que você via tocar sempre:





Dream Theater- I walk Beside You

Há uma história em seus olhos
Posso ver a dor por trás do seu sorriso
A cada sinal que reconheçoUm outro me escapa
Me deixe conhecer o que atormenta sua mente
Me deixe ser o único a conhecer o seu melhor
Ser o unico a te por pra cima
Quando você sentir que está afundando
Me diga mais uma vez
O que há por trás da dor que está sentindo
Não me abandone
Ou pense que não pode ser salvo
Eu estarei ao seu lado
Onde quer que você esteja
O que quer que aconteça
Não importa quão longe
Por tudo que pode vir
E tudo que pode ir
Eu estarei ao seu lado

Se você perdeu seu caminho eu colocarei você nele...

Oh, quando tudo está errado
Oh, quando a desilusão rodear voce
Oh, o sol irá nascer novamente
O tempo que você perdeu te levará de volta para casa
Então não se renda! Não se entregue! Eu estarei ao seu lado!

sábado, 10 de maio de 2008

Som do tempo

Enfim,algo pra aliviar a minha tensão.
É,parte das coisas que tão acontecendo na minha vida,parecem estar indo relativamente bem,não em um ritmo frenético e acelerado(como eu gostaria que certas coisas fossem),mas estão caminhando... Ao menos isso.
Sair,conversar com amigos,tomar a boa chuva da madrugada (cara,eu só tinha experimentado isso no são joão),olhar para o relógio e ver que são 2 da manhã,saber que vocês parecem ser os únicos da cidade,e imaginar como taria aquele local pela manhã,correr atrás dos cavalos que alguém um dia pensou que fossem unicórnios (né Carol ? xD),aquecer as mãos... Receber um abraço.

É tudo tão diferente do que eu pensava...
Meus amigos me fazem sorrir mais,minha banda me faz ter mais vontade de tocar(e meus amigos são da banda),eu tô gostando mais de história geral,meus amigos entopem meu celular de sms... Eu me sinto um pouco mais querido,e isso é bom.Até certo ponto que certas saudades tocam no seu ombro e parecem te falar ao pé do ouvido que em algum lugar,há uma pessoa que você jamais deve esquecer.
Não precisa,saudade... Eu lembro todos os dias.










"Sol ou chuva,é tudo o mesmo,a vida não é cinza oh Mary-Lou."

sábado, 3 de maio de 2008

Fora da alcateia!








Bom,eu queria poder começar isso com palavras complicadas e tal,mas isso não merece tanta preocupação assim,é só mais um desabafo,até porque a "pessoa" nem merece essa atenção toda.


Quero começar falando que você me dá nojo,no fundo eu sempre soube que não podia confiar em você,maas... O mal do taurino,é ser teimoso.

Seu sorriso [falso] pode enganar,hoje,aqueles que ainda são seus amigos.Até que mais um ano letivo acabe pra você!

Acho que esse é meu recorde de odiar alguém,já que eu não sou tããão rancoroso assim.Você não sabe como é olhar pra sua cara nojenta de "santinho",todos os dias que vou estudar.Me vem o almoço todo de novo!

Sínico,é o que você é!Se acha culto demais e não passa de um boyzinho playsson,com suas roupinhas de marca,seu andar tétrico e seus livrinhos que parecem um kit de mágica.

Eu queria te dizer muito,muito mais,só que é tanta raiva que nem acho palavras.Se valesse a pena compararia isso ao amor que sinto por uma pessoa bastante próxima de você,que aliás você soube por lenha na fogueira quando lhe era conveniente.Mas não,o que eu sinto por ela é muito puro.É escrotamente o inverso de tudo o que sinto por você.

Dessa vez,não vou te aturar por 4 noites seguidas.




Hiena não é Lobo!









quinta-feira, 1 de maio de 2008

S-A-U-D-A-D-E




Não sei definir,só sei que sinto isso.

É como voltar de uma praia todo molhado com aquela àgua de sal e areia,ligar o chuveiro de casa e sentir a maré te levando,mesmo que você já esteja em terra firme.Então você fecha os olhos e mesmo que fora da praia você se deixa levar pela aquela pseudo-onda,mas rapidamente,quando você abre os olhos tudo o que pode ver e sentir é a àgua do chuveiro e o cheiro do shampoo.É uma sensação boa e engraçada,mesmo que por curto espaço de tempo.Assim como a saudade.


Saudade da infância,saudade dos amigos de infância,saudade da corrida de tampinhas em terra molhada no sábado de manhã,saudade dos velhos desenhos da tv... Eu tenho saudade de tudo! E sempre quando tudo acaba,fico com aquele velho questionamento,"e se eu tivesse feito daquele jeito..."

A saudade as vezes te faz parecer um bobo,como uma criança chorando no escuro,sem saber o que fazer ou por quem chamar,te faz pegar lembranças físicas e tentar procurar o cheiro daquele tempo ou daquela pessoa,te faz querer mais e mais aquele momento... Te faz deixar cair uma lágrima que traduz a sua impotência diante dos fatos passados.


Não há muita coisa que se possa fazer quando o assunto é saudade,só o que tem que ser feito é encarar os fatos,mesmo que pareça que vá levar uma eternidade para que você ainda possa tentar superar.Jogar com a saudade parece impossível,mas todos podem.Só é preciso saber jogar,e quando não se sabe jogar... Bem,todos têm que aprender um dia,e não é preciso sufocar a saudade para isso.

Particularmente,não sei também se ela é imortal.Apenas tento deixá-la aqui,e jogo com ela todos os dias,muitas vezes perdendo,muitas vezes ganhando.

E quanto às velhas épocas,vou tentando reconstruí-las,mesmo que não sejam a mesma coisa,e nunca são.







"então quando o sol se por

e aquelas noites esfriarem,

eu estarei lá

tomando conta de você.

e quanto mais profundo o Amor,

mais forte a emoção.

e quanto mais forte o Amor,

mais profunda é a devoção."


(Whitesnake)





Eu sigo esperando por aquele dia...