domingo, 9 de agosto de 2009

Além de todos os limites.





Ia caminhando por linhas de esquecimento e sem sentido, desde que você apareceu com sua luz, aqueles velhos fantasmas não podem mais tirar a minha paz. Esse seu calor que me cura o frio, esse teu amor que preenche o meu vazio... A tua lembrança que minha mente trás nas inquietações de fim de noite. Não sei se posso dar mais um passo, se não tiver ao menos o seu carinho, porque eu sei como é andar sozinho por aquela velha estrada. Um pouco quebrado, sempre fui... Dividido em cada parte dessa vida. Por trás dos panos, procurando por uma rima. Você faz sentir-me tão grande quanto um oceano, eu faço com que você se aqueça e queira continuar. Você me desarmou, agora meus braços estão livres e bem abertos... Todos nós sabemos os milagres que o amor é capaz de fazer. Em qualquer lugar. Tudo aconteceu rápido, mas tão sólido... Tantas vezes já me perguntaram se isso é saudável, mas eles sabem o modo que vivo por você. Não preciso refletir muito sobre isso, do meu sorriso vem a resposta. Como eu posso te dizer... menina, mulher, minha doce criança, eu estou contra a parede, pois você já é a parte mais necessária dos meus dias. Te amo tanto que às vezes dói, e eu não quero, tampouco posso parar! Pois com você, eu encontrei a chave para abrir qualquer porta. E quanto mais eu te conheço, mais quero tanto do seu amor... Há peças que se encaixam perfeitamente em nossas vidas, será que fomos feitos para ser?
Sei que quando você está comigo, aonde quer que você esteja, sinto que ficamos para além de todos os limites.
Naany.