sábado, 28 de junho de 2008

Regresse...




Lembra da primeira vez... do primeiro,e até agora único vinho tinto que tomamos juntos ?

Não foi em vão...


Lembra de quando saíamos,e na hora de voltar pra casa... eu te deixava na porta,e sem saber o que fazer depois ?

Não foi em vão...


Lembra quando você me olhava... e eu parecia distante ? e você me perguntava em que eu estava a pensar... [eu pensava no próximo passo pra te ganhar]

Não foi em vão...


Lembra quando fui num show de punk/emo aí na sua cidade ? foi a desculpa perfeita pra poder te ver.

Não foi em vão...


Lembra do primeiro beijo... meio nervoso ? que eu parecia não acreditar no que realmente estava acontecendo ? (como agora...)

Não foi em vão...


Lembra de quando eu cheguei na sua janela... na noite do seu aniversário,meio molhado da chuva e meio sujo da lama,só pra poder te levar uma carta e chocolates ?

Não foi em vão...


Lembra da flor que eu batizei com seu nome ?

Não foi em vão...







Entre outras coisas,outros lugares,tantos beijos e abraços... Enfim,eu gosto demais de você,e o que eu sinto não é algo tão passageiro assim.Eu venci alguns medos só para poder chegar mais perto de você,abri mão de algo valioso pra poder começar outro... com você.

Não deixe os dias passarem...

Não deixe algo pequeno acabar com algo precioso...



"Look out the window... C'est moi"


14 comentários:

isabelafbraga disse...

Que lindooo!!Nossa perfeito, amaeii.Passa no meu blog depois eu falo sobre minha paixão por alguém que nem sabe que existo direito.

www.nadaeraperfeito.blogspot.com

D. Diogo Klock disse...

poh cara..
essas questões desentimentos é realmente complicada...
no fim.... sempre sofremos
uhahuahuahua
muito bom o texto...
espero q ela leia..
abraço amigo...
mas pohhh... punk/emo não neh!?
auhhauhuahua

Bruno R.Ramos disse...

Bem elaborado e com um bom grau de intelectualidade. A mensagem flui não se obriga ou se exacerba em pieguismos. Parabéns!

Dantas. disse...

adorei esse.
seu blog ta bom ,viu. estarei lendo mais coisas por aqui.

Conto atômico & cômico disse...

bá cara, sinceramente é muito dificil de eu GOSTAR realmente de alguma poesia, ainda mais em blog's e tal. mas a tua, é realmente boa, e é verdade mesmo, tratamos do mesmo tema: amor!
isso é bacana, legal saber que tem gente por aí amando, sofrendo (faz parte também não é..) e sendo feliz..
vou te adicionar também! e vou continuar visitando aqui, um abraço ! e boa sorte com a garota!

é um texto muito lindo!
:)

Conto atômico & cômico disse...

o cara, acabei de postar outro texto lá.. se puder da uma olhada!
:)

Mp3filmesgratis.com disse...

www.mp3filmesgratis.com
www.mp3filmesgratis.com
www.mp3filmesgratis.com

Gostei do POST hein!!!

Achei o seu BLOG bem interessante... e queria lhe porpôr uma parceria. Se estiver afim de fazer trocar banners com o meu blog... estou a disposição!!!

Aproveitar para convidar seus leitores a conhecerem o MP3FILMESGRATIS.COM

abrçs.

Felipe disse...

Muuuuito legaaal!

Jemimma ~♥~ disse...

Ai que lindo, romântico... aaaaiii... Tah lindo, foi vc que fez?? se foi, vc se garantiu! Tá muito lindoo, vou até imprimir pra colocar na agenda! =P

bju;*

Rê Thuler disse...

Com certeza falamos sobre a mesma coisa!
e estamos passando pelo mesmo momento.
Adorei seu blog.
E me reconheço em muitos dos textos!

adorei a parte que fala sobre vinho, tenho um certo caso de amor, com "fishy wines".

Jemimma ~♥~ disse...

Eu tbm tenho poucos amigos e os que eu tenho são como irmãos! Talvez akela postagem foi um motivo para homenagea-los... Obrigada! Concerteza serei leitora do seu tbm... Já até adicionei aos importantes! hehe...

Jamille disse...

Pois é αmigo, os verdαdeiros αmores são αssim, vivem em trαnse, αs vezes nem sαbemos α forçα que tem, mαs o que reαlmente importα é que não se pode αbrir mão dα felicidαde por coisinhαs pequenαs.
Eu tenho um αmor de verdαde, sei α forçα e α mudαnçα que esse sentimento trás pαrα nossαs vidαs.
Vcê pode ser feliz ...
Muito lindo o post.. moço. rsrs
=D

Sammyra Santana disse...

Que lindo!
Eu creio que nada, mas nadinha mesmo, que passa por nós é em vão, moço!
a gente semrpe aprende, sempre carraga algumas fagulhas no bolso!

Beijo

Letícia Castro disse...

Amigão, se ela deixar é porque não merece tua poesia. É tão maravilhoso ver um homem abrir o coração assim, se ao menos todos soubesse... ; )
Passa lá pra conhecer a gente tb, tá bom?
Beijo!
Letícia.