domingo, 21 de setembro de 2008

Conto, "Páginas Erradas" Parte VI

E agora, o que Tommy faria? Ele havia beijado aquela garota... Ou melhor, ela havia beijado ele, mas não demoraria tanto se ele não tivesse correspondido. Pela noite, em casa, Tommy fechou a porta do seu quarto, ligou o som, Sure Know Something do Kiss. Deitou em sua cama e tentou refletir sobre tudo o que estava acontecendo, de como as coisas estavam ficando embaraçadas e pesadas em sua cabeça. Mas o beijo de hoje o marcou, talvez por sua facilidade de se apaixonar e de se apegar as pessoas... Talvez por ter sido algo que ele nunca imaginaria ter feito principalmente com Clara, mas ela o fez!
- E se ela realmente gostar de mim...
O fato é que Clara nunca demonstrou um sentimento a mais por Tommy, e ele não queria se envolver com ninguém a não ser Laura, e não queria nada que desviasse o seu foco, o seu plano, mas aquele beijo mexeu com seu corpo e talvez com uma grande parcela da sua mente.

O relógio do celular marcava 22 h: 13 min. e Laura se preparava para dormir, quando percebeu um barulho vindo da sua cama. “Uma mensagem recebida” era o que agora estava no visor do celular.
- “... E por onde quer que eu vá, vou levando você em minha mente, no meu coração... Eu poderia mentir para mim mesmo, mas é verdade... Eu preciso muito de você.”
Quando leu aquelas palavras tão doces, pensou em um único nome: Martin!
Voltou a ler a mensagem, uma, duas... três vezes. Laura não estava acreditando no que havia lido! Sem fazer um único esforço, havia conquistado o cara mais tudo que ela já conheceu, o garoto mais popular do colégio estava apaixonado por ela e isso lhe abriu um belo sorriso em seu rosto. Leu pela quarta vez a mensagem, desligou o celular, fez sua oração e demorou um pouco para pegar no sono. Viu Martin andando de mãos dadas com ela em direção ao pôr do sol, mas antes que chegasse ao final dele, viu uma pessoa bem familiar... Era Tommy! Antes que ele pudesse falar alguma coisa, Laura abriu os olhos, apanhou o celular a fim de ler novamente aquela mensagem, mas antes que pudesse se quer ter entrado na caixa de mensagens, recebeu outra mensagem.
- “Desculpa perturbar seu precioso sono, me encontre amanhã no píer 13, próximo aos eucaliptos, preciso lhe dizer o quanto você se tornou importante para mim. Não tenha medo, Laura. Beijos
Laura era o tipo de garota que não acreditava em coincidências, mas o sonho com Martin e a mensagem recebida logo após o seu despertar, realmente deixara ela confusa... E mais animada ainda!
- É amanhã! – Ela exclamou em perceber que o relógio marcava 5 da manhã... Já era hora de acordar.







Ainda bem que já tá acabando... Até eu sinto falta dos meus textos.
Abraços!

Música que segue : Sure Know Something - Kiss

Um comentário:

.Lully Mel disse...

siiinto falta dos textos
que me faziam beem.

ee bom saber que tem gente como eu \õ
;** querido